Hiking

Highlander Melgaço cumpriu «Ano Zero»

09 setembro 2021
4 min

A organização está agora empenhada na organização do arranque oficial do evento em Portugal, que será em 2022.

---

A dificuldade de previsão das condições para a realização de eventos e viagens internacionais num contexto de pandemia mundial levou a que a Fire!, organizadora da etapa do Highlander Adventure em Portugal, optasse por efectuar a iniciativa em moldes diferentes do que era esperado.

Uma vez que a comunidade que se dedica ao Hiking planeia cuidadosamente, e com muita antecedência, as suas experiências, a organização decidiu "restringir o evento, acreditando que o arranque oficial, com público, merece um contexto mais adequado, sendo certo que os participantes que tinham feito a inscrição para este ano estarão presentes em 2022".

highlander 2

À PRO RUNNERS, Jean-Paul Lares, da Fire!, explicou que "este ano acabou por ter um desenlace diferente do que desejávamos, tendo em conta o contexto pandémico. Depois de várias conversas com as autoridades locais, por fruto das dificuldades na previsão das viagens internacionais e nos requisitos necessários para os participantes e a sua interacção com a comunidade, optámos pela realização de um evento restrito a organização, convidados e embaixadores internacionais, de forma a garantir todas as condições de segurança. Acabou por ser uma espécie de Ano Zero, com apenas cerca de 20 participantes, todos eles ligados de alguma forma à organização, mas que tentámos aproveitar ao máximo para afinar todos os detalhes para o futuro".

highlander 4

O grupo percorreu 120 km entre 31 de Agosto e 4 de Setembro, pelos trilhos entre o Castelo de Melgaço, o vale do rio Minho, o planalto de Castro Laboreiro e o coração da serra, no Parque Nacional Penena-Gerês, com o apoio "extraordinário de todo o concelho de Melgaço, das suas instituições a toda a comunidade, confirmámos todo o potencial deste evento e acreditamos ter encontrado ainda melhores soluções de percurso e apoio logístico para a realização do verdadeiro arranque, já em 2022. Dentro das circunstâncias, não podíamos ter ficado mais satisfeitos", afirma o organizador.

Entre os participantes estiveram membros da organização internacional do Highlander Adventure que, segundo Jean-Paul Lares, "classificaram o percurso como um dos três melhores de todo o circuito, que já cobre mais de 20 países". Para tal contribui "a beleza extraordinária da rota, aliada à diversidade da paisagem que proporciona, do vale fértil do Rio Minho à imponência agreste da montanha - desde Castro Laboreiro à Branda da Aveleira", pelo que o balanço "honestamente, não poderia ter sido melhor", diz.

highlander 3

No que toca à Câmara Municipal de Melgaço, o organizador sublinha que este "tem sido um parceiro inexcedível no empenho e apoio dedicados à organização". Para 2022, o nosso interlocutor garante que "estamos ainda mais empenhados e preparados do que no início desta aventura. A necessidade de adiar a primeira edição completa foi um golpe duro, como aconteceu com tantas iniciativas, de todas as áreas, neste período que vivemos, mas decidimos aproveitar da melhor maneira a oportunidade que nos foi concedida para testar todos os aspectos da experiência que queremos proporcionar. Vamos afinar alguns detalhes do percurso, com pequenas alterações, e também já temos em vista umas surpresas especiais para a chegada, destinadas não apenas aos participantes que levem a cabo este desafio único, mas também a toda a comunidade".

Assim, quem não teve oportunidade de juntar este ano ao grupo que desbravou caminho por Melgaço deve ficar atento às novidades, para garantir a presença na primeira edição oficial, já no próximo ano.

Fotos: Highlander Portugal

 

Notícias relacionadas:

- Highlander Adventure: «Melgaço foi a nossa única escolha»

---
Cátia Mogo
Partilhar