Pista

Gidey não deixou o recorde dos 10,000m arrefecer

09 junho 2021
1 min

Apenas dois dias depois de Sifan Hassan ter batido o recorde, a etíope Letesenbet Gidey voltou a fazer história, com menos cinco segundos.

---

A marca está agora nos 29:01.03, feita na cidade holandesa de Hengelo, com o esforço de Letesenbet Gidey.

A vice-campeã do mundo, que no ano passado estabeleceu o recorde do mundo dos 5 000 metros em 14:06.62, foi, nesta corrida, uma vencedora isolada, com mais de um minuto à frente de Tsigie Gebreselama. Para quebrar o recorde, a atleta contou com a tecnologia de luzes que marca o ritmo da velocidade necessária, bem como com a «lebre» Ababel Yeshaneh, que se retirou na fase final, deixando Gidey continuar a um ritmo inabalável de voltas à pista em 72 segundos.

Para bater a marca definida dois dias antes por Sifan Hassan, Gidey precisou de uma última volta de 68 segundos e ainda se viu forçada a contornar e dobrar alguns atletas, mas conseguiu para o cronómetro nos 29:01.03.

Desde 1993 que os recordes de 5 e 10 mil metros não eram detidos pela mesma atleta, que diz esperar bater a marca dos 29 minutos em breve.

Foto: © Global Sports Communication

---
Cátia Mogo
Partilhar