Pista

Lorene Bazolo quebra recorde dos 100 metros

07 junho 2021
3 min

A velocista conseguiu o feito no Meeting de Salamanca, este sábado.

---

A atleta do Sporting Clube de Portugal Lorene Bazolo venceu a meia final com a marca de 11,17 segundos, com o vento a soprar a seu favor a 1,0 m/s. Com esta marca, Lorene Bazolo melhora em quatro centésimos o recorde de Portugal, tendo ficado a apenas dois centésimos de segundo da marca de qualificação directa para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Por outro lado, a benfiquista Arialis Gandula bateu o recorde pessoal com 11,22 segundos, assim como a sportinguista Rosalina Santos, que correu em 11,31 segundos. Na final da prova, Arialis (a quem foi dada a vitória) e Lorene Bazolo correram em 11,12 segundos, mas o vento (+2,9 m/s) impede novos recordes.

Aliás, o vento impediu muitas outras marcas de poderem marcar ainda mais a progressão dos atletas.
Ainda assim, Frederico Curvelo (Benfica), vencedor dos 100 metros com 10,39 segundos, alcançara antes a sua melhor marca do ano ao correr a meia final e 10,38 segundos, com Rafael Jorge a igualar o seu melhor deste ano.

Uma melhor marca portuguesa do ano chegou no salto em comprimento masculino, por intermédio do benfiquista Marcos Chuva, com um salto de 7,68 metros. Ainda nas provas masculinas, destaque para o triunfo de Diogo Guerra (Maia) nos 110 metros barreiras, com 14,39 (vento irregular), que nas meias finais conseguira um recorde pessoal (14,47). Nos 400 metros barreiras, presença portuguesa e de atletas de clubes portugueses, com melhores marcas do ano (principalmente para o brasileiro do Benfica, Micael de Jesus) e recorde pessoal para o jovem Diogo Barrigana.

Recordes pessoais conseguiram os atletas dos 400 metros: João Coelho (Benfica) correu em 46,40 (subiu a 5º de sempre) e Ericsson Tavares (CA Seia) entrou para o top 20 de sempre com os seus 47,07 segundos. Em femininos, para além de novo triunfo de Lorene Bazolo nos 200 metros, destaque para o recorde pessoal de Catarina Queirós (A. Jardim da Serra) nos 100 metros barreiras com a marca de 13,45 segundos na meia final (antes de vencer a final com 13,47!), e para as melhores marcas do ano de Ana Oliveira (Fátima) e Lecabela Quaresma, no triplo.

João Vieira competiu na Corunha
Decorreu esta sábado o Grande Prémio Cantones de La Coruña, um dos mais prestigiados de marcha atlética no Mundo (integra o Challenge da World Athletics). João Vieira (Sporting) foi o melhor dos portugueses na competição, ao terminar em 15º lugar a prova de 20 km marcha, com a marca de 1h21m41s, a 41 segundos da qualificação directa para os Jogos de Tóquio 2020 (ele já tem qualificação para os 50 km). Na mesma prova, Paulo Martins (Sporting) foi 59º, com 1:32.08.

Em femininos, nos 20 km, Inês Henriques (CN Rio Maior) foi a melhor das portuguesas com 1:34.50 (a sua melhor marca deste ano), sendo 18ª classificada, à frente de Carolina Costa (Sporting), com 1:37.07 (24ª), e de Joana Pontes (Leiria), com 1:41.48 (38ª).

Fonte: FPA

Partilhar