Estrada

Corrida «EDP Lisboa, a Mulher e a Vida» de regresso

01 setembro 2021
3 min

O Maratona Clube de Portugal, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Liga Portuguesa Contra o Cancro organiza pela 15ª vez a EDP Lisboa, a Mulher e a Vida.

---

O Maratona Clube de Portugal está de regresso às corridas e começa com a EDP Lisboa, a Mulher e a Vida, a corrida solidária que já pôs 200 mil mulheres a correr! A prova que tem como objectivo principal a angariação de fundos para a compra de aparelhos de rastreio do cancro da mama. Esta corrida de 5Km está agendada para dia 12 de Setembro, às 10:30h, com início em Santos e meta junto à Torre de Belém.

“O destino ditou que fosse a EDP Lisboa, a Mulher e a Vida, a corrida solidária de 5Km, a prova que assinala o regresso do Maratona Clube de Portugal à organização de provas. É o nosso evento especial, que visa celebrar a vida, que elogia todas as mulheres e em particular a força e a coragem das que tiveram que enfrentar o cancro da mama! Na minha opinião é a prova ideal para assinalar o regresso do clube às corridas!”, afirma Carlos Moia, presidente do Maratona Clube de Portugal.

CM_01

A campeã Rosa Mota continua a ser a “madrinha” da corrida, que volta a ser transmitida pela RTP 1. A corrida conta, como sempre, com os maiores nomes do atletismo nacional feminino, acrescentando competitividade a uma prova que se quer o mais inclusiva possível. As atletas convidadas para “lutar” pelos primeiros lugares do pódio são cinco atletas olímpicas: Sara Moreira, Dulce Félix, Doroteia Peixoto, Carla Salomé Rocha e Salomé Afonso.

Para as restantes participantes, há um incentivo à participação em pequenos grupos, de duas ou três participantes, com prémios exclusivos para as vencedoras. Os desafios são:
o Vodafone Mãe e Filha (2 participantes)
o Jogos Santa Casa para Empresas (2 participantes)
o Mimosa Correr em Família (2 participantes)
o 3 Amigas CME (3 participantes)

“A par da componente social, a EDP Lisboa a Mulher e a Vida tem contribuído para que cada vez mais mulheres corram. Já lá vão os tempos em que a corrida era uma modalidade predominantemente masculina. Nas 14 edições que o Maratona organizou participaram quase 200 mil mulheres e foram doados mais de 800 mil euros à Liga Portuguesa Contra o Cancro.”, relembra Carlos Moia.
Os benefícios da corrida para a saúde feminina são inegáveis. O exercício físico tem um efeito protetor sobre a saúde cardiovascular, o metabolismo feminino e a mente. Estes benefícios motivam a organização a oferecer a melhor experiência a todas as atletas.

As inscrições estão disponíveis online no site oficial e são gratuitas para quem tem ou já teve doença oncológica. Em conformidade com o plano de contingência da organização, às participantes será exigida a apresentação de certificado digital de vacinação ou teste negativo à Covid-19, no ato de levantamento do kit de participação.

O valor da inscrição é EUR 10,00. As mulheres a quem tenha sido diagnosticado qualquer tipo de doença oncológica ficam isentas do pagamento. As inscrições decorrem até 11 de Setembro (caso não seja atingido o nº limite de inscrições)

PR

Partilhar