Corta-mato

Carlos Lopes doa equipamento a colecção mundial de Atletismo

19 novembro 2020
1 min

O campeão Olímpico português entregou o equipamento que usou em 1976, em Montreal, onde foi medalha de prata à «World Athletics Heritage Collection».

---

 Carlos Lopes na liderança da prova de 10,000m nos JO de Montreal em 1976(© Mark Shearman)

Em 1976, nos Jogos Olímpicos de Montreal, o atleta português liderou em grande parte da prova de 10 000 m, tendo feito 9 000 metros em 25:02:00, com o finlandês Lasse Viren a ultrapassá-lo nos últimos 450 m, deixando-o a escassos 4,79 segundos do ouro.

Neste mesmo ano ganhou o seu primeiro título global, em Chpestow, no País de Gales, onde correu para a primeira de três medalhas de ouro em Mundiais de Corta Mato, tendo ainda conquistado duas medalhas de prata em outros dos campeonatos do Mundo.

Carlos Lopes sagrou-se campeão olímpico na maratona em 1984, tendo, um ano depois, sido o primeiro homem a correr 26,2 milhas em 2:08.

“Fico orgulhoso de que o meu equipamento integre uma colecção que já conta com itens de atletas como o Nurmi, Zatopek, Viren, Gebrselassie, Tergat, ou Kipchoge. Tal como para eles, o corta-mato também foi a base da minha carreira no atletismo. Espero que o meu donativo ajude a inspirar e entusiasmar os fãs pelo mundo fora nas corridas de longa distância”.

 

 

 

---
Cátia Mogo
Partilhar