Treinos

Confinar e continuar a treinar

14 janeiro 2021
7 min

O colaborador da revista Pro Runners, Sérgio Santos, Director Técnico da Ontrisports, explica a importância de não alterar a rotina de treinos.

---

Entramos esta sexta-feira num novo confinamento geral. Sabe-se, desde já, que a actividade física e desportiva ao ar livre está entre as excepções permitidas por lei e, por isso, não há desculpas para faltar aos treinos.

Sérgio Santos, colaborador da PRO RUNNERS, Director Técnico da Ontrisports e treinador medalhado olímpico em Pequim 2008 no Triatlo, já está a preparar o mês que se avizinha e salienta a importância de manter rotinas. “Adicionámos o planeamento do treino e complementamos o apoio online com sugestões para treinar em casa ou no exterior, tal como já tínhamos feito no primeiro confinamento”, afirma. Sendo esta uma das três áreas de intervenção da Ontrisports – que conta com 30 a 40% de atletas estrangeiros e os restantes seguidos à distância, graças à plataforma Trainingpeaks – o acompanhamento online continuará, segundo o responsável, a decorrer a 100%, tanto com atletas amadores como com os profissionais.

O treino personalizado «1-on-1» já acontece, mesmo sem confinamento, e a Ontrisports trabalha com a gravação de vídeos, que podem ser gerais ou mais particulares, consoante a necessidade de cada atleta, para que todos possam ajustar o exercício físico à sua disponibilidade horária.

Importa é não parar. Sérgio Santos considera que “o treino de resistência é um investimento a longo prazo que só tem efeito no verão. Mesmo sem confinamento, é o trabalho de inverno que se irá reflectir nas provas a partir de Maio, Junho, Julho. Por isso, insisto que é preciso manter intacta a razão que leva um amador de 30, 40 ou 50 anos a praticar desporto, o gosto pela modalidade. Não se pode deixar afectar pelo confinamento”.

A falta de equipamentos do ginásio também não é motivo para deixar de treinar, "a utilização do peso do corpo é mais do que suficiente, as máquinas são apenas agentes facilitadores. No caso da natação também é possível fazer trabalho em seco - claro que não é a mesma coisa - mas com a utilização de elásticos, por exemplo, há sempre como manter-se activo", diz.

Além disso, depois da primeira experiência no confinamento de Março e Abril de 2020, o treinador concluiu que este até pode ser benéfico para os atletas: “O teletrabalho, por reduzir as horas em deslocações, veio-lhes permitir ter mais rendimento e mais descanso, sendo a assimilação da carga maior. Muitos dos atletas cresceram e melhoraram muito, mesmo como treino em passadeira ou com recurso às plataformas virtuais”, conta Sérgio Santos que, a dar o exemplo, venceu já este ano a 1.ª Corrida Virtual de Ano Novo da Pro Runners Magazine, na distância de 21 km.

Sérgio Santos

Ao longo de 2020, para colmatar a inexistência de competições, “que fazem muita falta para motivar os atletas”, a Ontrisports organizou vários eventos desportivos fechados, que incluíram diversas corridas, meias maratonas, granfondos, triatlos, etc. Para 31 de Janeiro estava prevista a realização de mais uma destas competições que, por força das restrições, terá de ser cancelada, mas a empresa já tem em vista a transformação do programa de eventos no formato virtual, para manter acesa a chama competitiva dos atletas.

A ser autorizado, continuará, também, disponível o laboratório de avaliações biomecânicas, metabólicas e antropométricas dos atletas, que permite verificar os reais ganhos e evolução do processo de treino, dando-lhes indicadores individualizados. Com todos os cuidados e em segurança, cada atleta é recebido individualmente, para a realização da sua avaliação.

A Ontrisports está sedeada em Rio Maior junto ao Complexo Desportivo de Rio Maior, um dos mais reputados centros desportivos do mundo, onde estará em estágio, durante sete semanas, a selecção nacional de triatlo da Noruega, com dois dos favoritos às medalhas nos próximos Jogos Olímpicos presentes: Kristian Blummenfeld, que venceu o campeonato do mundo de triatlo olímpico de Lausanne 2019 e Gustav Iden, recente vencedor do Challenge Daytona 2020.

Sobre a Ontrisports

A Ontrisports tem como missão assegurar serviços de apoio que permitam aos atletas potenciar o melhor de si mesmo, seja no alto rendimento ou no desporto amador, tanto para atletas nacionais como também para atletas internacionais.

O recurso às mais recentes tendências ao nível das tecnologias e metodologias, até há bem pouco tempo apenas disponíveis para o Alto Rendimento, passaram a estar ao alcance dos atletas de todos os níveis. Quer os atletas sejam profissionais, ou possam apenas dispor de poucas horas por semana para treinar, todos merecem o melhor serviço e o mais adequado a cada desafio e realidade pessoal.

Situada junto do Complexo Desportivo de Rio Maior, uma referência mundial ao nível das instalações desportivas, a Ontrisports desenvolve a sua actividade num dos mais bem equipados laboratórios de performance humana e tem também a capacidade de prestar os seus serviços em todo o território nacional e no estrangeiro devido à elevada mobilidade dos seus equipamentos e valências.

Coordenada pelo Sérgio Santos, treinador medalhado Olímpico em Pequim 2008 no Triatlo, a Ontrisports é composta por uma equipa técnica especializada e profissional, que dedica a totalidade do seu tempo ao apoio dos atletas que enquadra tecnicamente, pois acredita que os todos projectos pessoais merecem plena dedicação de quem faz o acompanhamento e não são compatíveis com apoio em part-time.

Sob o lema “Ser diferente todos os dias e a todas as horas, para ser diferente naquele dia, naquela hora”, porque para se fazer a diferença no dia da competição, do desafio, é preciso ser-se diferente ao longo de todo o processo de preparação.

É para ajudar os Atletas a marcar essa diferença que a Ontrisports existe.

 

Contactos:

Segunda a Sexta das 9:00 às 18:00

[email protected]

243 997 285

---
Cátia Mogo
Partilhar